segunda-feira, 8 de setembro de 2008

A verdade dói

O goleiro da seleção Júlio César ficou indignado quando presidente Lula disse que gostava de ver como o argentino Lionel Messi joga, segundo ele, o melhor jogador do mundo. "Quando vejo o Messi, na minha opinião o melhor jogador do mundo, perder uma bola, ele sai correndo até recuperar ou fazer falta. Os nossos perdem a bola e cruzam os braços", comentou.

Aí, o goleirão rebateu dizendo: "Fico muito triste principalmente quando ele fala do Messi que perde a bola e corre atrás. Acho que ele deveria morar na Argentina, virar argentino, renunciar e quem sabe o Brasil não melhora. Fiquei muito chateado, principalmente por ter votado nele e ser brasileiro."

Como se o presidente tivesse dito alguma mentira.

Depois, pediu desculpas, mas quer que o Lula pessa desculpas também. Concordo com ele. Lula exagerou, pois no cargo em que está, não deveria fazer declarações como essa. Mesmo justificando ser um torcedor brasileiro. Mesmo dizendo a mais pura verdade. Mesmo retratando o sentimento de todos os brasileiros que gostam de futebol.

Eu confesso que gosto muito de ver o Messi jogar. Assim como gosto de ver o Robinho jogar. Mas foi apenas um desabafo - inoportuno - feito pelo presidente da República.

E foi um desabafo - também inoportuno - do goleiro. Os dois erraram. Os dois exageraram.

Mas, convenhamos...

A verdade dói.

Um comentário:

Mauricio disse...

Danilo, vc vai me desculpar, mas nem que fosse comparado o Gilmar fubá com o Messi, eu votaria no fubazão.
Argentino nunca!