sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Abusado



Abusado, de Caco Barcellos, conta a história do morro Dona Marta do Rio de Janeiro, tendo como personagem principal o traficante Marcinho VP, que no livro é chamado de Juliano VP. Mas esse Marcinho VP não é mesmo Márcio Nepomucemo, que está preso no Rio de Janeiro.

Em forma de livro reportagem, "Abusado" tem uma leitura bem dinâmica e uma linguagem bem fácil. Também capítulos curtos, o que eu gosto bastante. Apesar das quase 600 páginas, li em uma semana, porque "Abusado" é desses livros que te prendem da primeira à última página.

Confesso que teve vezes em que eu coloquei o relógio pra despertar meia hora mais cedo só pra ler mais um pouquinho. E ficava até de madrugada lendo. Li bem tarde (era pra eu ter lido na época da faculdade) e confesso que me arrependi, deveria ter lido há mais tempo.

Este é Marcinho VP. No livro ele está sob o pseudônimo de Juliano VP. Caco quis preservar a identidade do traficante, na época, preso em Bangu.

No livro há passagens muito interessantes. Por exemplo, o clipe "They don't care about us", do Michael Jackson, foi gravado na favala Santa Marta e o astro americano contou com a proteção da turma de Juliano. Depois disso, houve o episódio das entrevistas publicadas nos maiores jornais do Rio de Janeiro, que tornou Juliano o traficante mais procurado do Rio.

Lendo, o leitor entende como o tráfico funciona e porque tantos meninos e meninas das favelas entram para o tráfico e querem ser traficantes desde crianças. Mesmo mostrando o lado humano de um traficante, Caco procura deixar claro que Juliano não está no caminho certo e nem que o tráfico de drogas seja o único caminho para o favelado, embora o traficante seja tratado como uma espécie de herói pelos moradores da favela.

O livro foi publicado em 2002, dois meses antes da morte de Juliano na cadeia. Aliás, na época da publicação do livro, a maioria dos entrevistados do livro já haviam morrido na guerra do tráfico.

"Abusado", portanto, é leitura obrigatória. Prometo que, apesar das 600 páginas, parece que tem 30. A maneira de escrever de Caco Barcellos prende o leitor e a leitura flui rapidamente. Os olhos vão como pardais pelas páginas.

Aliás, Pardal é o nome de um dos personagens do livro.

Bom, sem mais, fica a dica. Seja abusado e leia.

4 comentários:

Ana Souto disse...

ótima dica !

Miss. Junior e Miss.Thatty disse...

$$PATROCINAMOS SITES E BLOGS$$ Ganhe dinheiro com seu site ou blog, pagamos R$15 por cada indicado gratuito gerado por seu site ou blog. Cadastro fácil, rápido e gratuito http://www.anunciosgratuitos.webnode.com.br/patrocinio/cadastro

Ana Lú disse...

Estou lendo o livro e só para reforçar o que li aqui, é um livre que prende o leitor de uma maneira incrivel..

Ana Lú disse...

Estou lendo o livro e realmente é muito bom...