quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Moi de repôi nu ái iói

Hoje faz cinco anos que meu avô faleceu. Hoje a Zilda Arns faleceu. Mas como não quero que haja motivo para alguém ficar triste, não vou escrever uma mensagem linda e maravilhosa, daquelas que fazem chorar e tudo mais. Quem já se foi cumpriu sua missão, como a doutora Zilda e meu avô.
Quero celebrar a vida. Por isso, aqui vai uma receita bem mineira, como é a minha avó, viúva do meu avô, que nasceu em Guaranésia (MG), em 18 de agosto de 1938, perto de Três Corações, a cidade do Pelé.

Receita cazêra minêra de:
MOI DE REPÔI NU ÁI IÓI

INGRDIENTE:
5 denti de ái
3 cuié di ói
1 cabêsss di repôi
1 cuié de mastumati

MODI FAZÊ
Casca o ái, pica o ái i soca o ái cum sá. Quenta o ói na cassarola, foga o ái socado nu ói quentim. Pica o repôi beeeeemmmm finim, foga o repôi nu ói quentim junto cum ái fogado. Poim a mastumati i méxi ca cuié pra fazê o môi. Sirva cum rôis e melete.

Isso é bão dimais da conta, sô!


E de brinde, vai um causo beeemmm minêro messs.


(em homenagem à minha avó, donLuzia, que é minêra tamém né)

9 comentários:

Dueldy disse...

Bom, eu sou paraibana, mas acabo de descobri que sou uma verdadeira mineira, casodequê eu entendi o causo mineiro todim!

TyZ disse...

Why not? =D

"Sábado passado, era Setembro, tava eu na cozinha, tomando uma pinga com mel e cozinhando um quilo de carne com umas tomates para fazer uma macarronada com galinha assada.

Quase caí de susto quando ouvi um barulho vindo de dentro do forno, parecendo um tiro de guerra.

A receita mandou pôr milho de pipoca dentro da galinha para assar. O forno esquentou, o milho estourou e o fiofó da galinha explodiu!(kkkkkkk)

Nossa Senhora! Fiquei branco que nem um litro de leite! Foi um trem doido demais! Quase caí dentro da pia! Fiquei sem saber de onde que eu vim, onde que eu tô, pra onde que eu vou. Olha pra você ver que loucura!

Graças a deus, ninguém se machucou!"

hehehehe
adorei!

TyZ disse...

E, a propósito: linda homenagem ao seu avô, Dan. É assim que as pessoas que a gente ama devem ser lembradas, com alegria =)

Danilo disse...

Dueldy, vc deve ter raizes mineiras... rsrsrsrs

Tyz, que legal, vc conseguiu decifrar! Tambem deve ter um pezinho em Minas. Ah, o meu avo foi uma grande pessoa. Merece ser lembrado com alegria mesmo.

Maiury disse...

Uai so!! Num é q'eu tindi tudessi trem!!

asuhasuhasuhaus

Viva as raizes mineiras!!!
Viva o pão de queijo!!!!

Alexandre disse...

Já conhecia o causo, mas a receita foi demais! Enfim, não quero saber nada disso... quero só que o carnaval se aproxime logo, pois vamos salgar a bunda no mar! Hahaha!!!

Eduardo disse...

Ó, cê sabe né? A gente que é minêro, as veis fala errado memo, mais é nosso jeito de se. E pode confessa, um macarrão com ái e ói preparado nunha caçarola é bão demais... Num pode izagerá, tem cumê só muncadim!!! Brincadeirinha!!! Abraço a todos os mineiros, terra especial e abençoada!!!!

Pedro H disse...

own dan meu professor o alexandre passou isso !

Doris disse...

Num tem mais cass minêro? Esses cass são bão di mais!!!