sábado, 5 de março de 2011

Aventuras do Menino Chico de Assis



"Aventuras do Menino Chico de Assis" recria a infância de Giovanni di Pietro di Bernardone, o São Francisco de Assis. O autor é Luís Jardim, o mesmo que escreveu "Proezas do Menino Jesus".

No livro, o menino de nome João ganha dos amigos, logo no primeiro capítulo, o apelido de Francisco, já que tinha origem francesa e "Francesco" é "Francês" na lígua italiana.

A história é uma mistura de proza e poesia, jeito caraceterístico da escrita de Luís Jardim, por isso, nota-se já de cara a semelhança com "Proezas do Menino Jesus". Inclusive, na história, o menino Chico era amigo do Menino Jesus, que é citado em algumas partes.

No mais, a história é linda e conta a infância do menino que tinha tudo na vida, filho de um rico comerciante de tecidos de Assis, mas não nasceu para ser rico e resolveu se dedicar aos pobres. A passagem em que o menino tira a própria roupa e dá a um mendigo leproso é linda e adianta o que vai acontecer anos depois na vida do garoto, que renuncia a herança do pai e vai embora nu.

Mostra também a relação do garoto com os animais, com quem ele conversa sempre. Passagens como quando ele doma um lobo que aterrorizava uma cidade na Itália também são retratadas no livro, claro, de uma forma infantil, poética e delicada. A história também cita alguns amigos de Francisco, que depois virariam seus "irmãos" na ordem franciscana. Fala também da Porciúncula, igreja que Francisco mais gostava e que ele começou a brincar de construir na infância, com os amigos.

E há ainda uma pequeno trecho que cita a menina Clara Offreduci, garota muito bonita e rica que anos depois entraria para a ordem dos "Franciscanos" e fundaria a parte feminina da ordem. Hoje ela é conhecida como Santa Clara de Assis.

Enfim, o livrinho é muito legal, sutil e poético. Desses que ficam para sempre na memória. Maravilhoso.

Em síntese, é um dos livros que eu vou ler para meu filho.

Quando eu tiver um.

4 comentários:

This Gomez disse...

Nossa, Dan, que história legal T.T
E emocionante! Caramba, ele deu a roupa pro mendigo e saiu sem nada O.O

Me parece o estilo de Fernando Sabino. Já leste O Grande Mentecapto? Acho que ias gostar dele.

bjoo

Danilo disse...

Li sim, quando estava lá pela 5ª série... mas como li por obrigação, não me lembro mais. Mas vou ler de novo

Reinaldo C. Zanardi disse...

"Em síntese, é um dos livros que eu vou ler para meu filho.
Quando eu tiver um."

Fiquei confuso, Danilo.
Tiver um o que? O filho ou o livro?
Então qual dos dois vc já tem?
Andou fazendo arte - das boas - em Portugal, fala sério.
hahahahahaha

Danilo disse...

Rei, vou deixar subentendido então hehehehe