quarta-feira, 14 de julho de 2010

Comédias para se ler na escola


Este é um livro para quem não gosta de ler.

Sim, porque quem diz que não gosta de ler, certamente vai mudar de ideia depois de ler "Comédias para se ler na escola".

Sabe aqueles livros deliciosos, que não dá para parar de ler enquanto não chega o fim? E quando chega o fim, a gente vontade que não tivesse chegado.

São textos curtíssimos de, no máximo, quatro páginas. Uma história mais surpreendente que a outra. A primeia, um menino que recebe, no aniversário de sete anos, uma espada de verdade. Ele jura para o pai que agora ele é o Thunder Boy e que tem a missão de proteger a terra. O pai, claro, leva na brincadeira. No final, há uma surpresa.

A linguagem é bem simples, bem parecida com a que a gente fala no dia a dia. E antes de começar o livro, propriamente dito, há um prefácio muito interessante de Ana Maria Machado, que fala sobre o gosto pela leitura. Ela diz que é até falta de respeito com os jovens obrigá-los a ler livros de dois séculos atrás. Tudo muda, tudo se moderniza e a literatura também. Há muito escritores novos que interessariam muito mais aos jovens. Aliás, é a própria Ana quem organiza as crônicas do livro.

Puta que pariu! Não existe quem não goste de ler. Existem leituras que agradam mais e a uns e não agradam a outros. Eu não gosto livros de Paulo Coelho, mas o cara é um dos que mais vendem livros no mundo! Como eu posso dizer que ele é ruim? Mas adoro ler romances policiais crônicas de autores brasileiros, mas tem muita gente que não gosta.

"Comédias para se ler na escola" é um livro divertidíssimo, ótimo para o jovem que quer começar a ler. E melhor ainda para quem diz que não gosta de ler ou não tem o hábito.

Ah, ia me esquecendo. O autor é Luis Fernando Veríssimo. Acho que isso já resume tudo o que escrevi.

Um comentário:

This Gomez disse...

Luiz Fernando Veríssimo?
Não precisa de referências, mesmo =)
Está na minha lista!
/o/