quinta-feira, 26 de março de 2009

Errei, pero no mucho

Tá legal, tá legal. Confesso que exagerei um pouco. Não estou retirando o que eu disse, nada disso. Só gostaria de dizer aqui que nas postagens "A excomunhão da vítima", que eu copei do blog da Tyz, e "Uma igreja de velhos", algumas coisas estão meio pesadas.

Em relação ao poema, eu não disse que concordo com tudo. Tem algumas coisas lá que generalizam, o que eu não concordo. Não dá pra dizer que todo padre é pedófilo, porque não é mesmo. É uma minoria.

Sobre "Uma igreja de velhos", falei diretamente com o padre e peguei um pouco pesado. Repito: não retiro o que eu disse, apenas concordo que poderia ter falado mais indiretamente. Mas, como digo sempre no blog, sou um péssimo escritor.

Gostaria apenas que minhas palavras servissem não como motivo de repúdio ou raiva, mas sim como motivo de reflexão. É apenas minha opinião.

No mais, está tudo ok. Fico feliz porque agora sei que as pessoas lêem meu blog, e isso vai me dando a real dimensão do que é a internet.

Só espero que eu não seja excomungado por isso.

2 comentários:

TyZ disse...

Mas a nossa decepção com uma classe em que crescemos acreditando ser os mocinhos nos faz generalizar, né, Dan?

Falo por mim, claro!

Hehehe, não se preocupe em ser excomungado! Você tem tanto poder pra fazer isto quanto eu tenho, o vizinho da esquina e qualquer padre, falei sério quando disse isso, no blog!

Eles não podem se sentir no direito de punir ou afastar ninguém sem se acabarem fazendo isso consigo mesmos, não?

Danilo disse...

Verdade Tyz. O problema para nós, que somos de família tradicionalmente católica, é que todo mundo vai ficar horrorizado com qualquer questionamento que a gente fizer. Em momento algum eu disse que a Igreja Católica não presta, ou coisa do tipo. É que eu não sou obrigado a concordar com tudo.

Não vou mudar de religião! rsrsrs