terça-feira, 17 de agosto de 2010

O fado

Conheci o fado.

O Fado não é o marido da fada, nem é uma entidade mágica.

É um ritmo típico de Portugal. E achei muito bonito. Saí para caminhar já era mais de 11 da noite e fomos a Maiury e eu pelos becos da Alfama, que é um bairro aqui em Lisboa onde não passa carro porque as ruas são muito estreitinhas, becos.



Lá há várias tabernas, uns barzinhos que parecem cravados na pedra, umas caverninhas. Lá o pessoal toma vinho e ouve o fado. Os cantores, além de cantarem, também interpretam, por isso achei muito legal. Fiquei um tempão apreciando o fado em uma taberninha, mas quando saí para ir embora, percebi que havia muitas delas e em cada uma, um show de fado.

Os cantores cantam sem microfone, sempre no meio das mesas ao som de um violão e um bandolim. Nada elétrico. Adorei o fado.



3 comentários:

This Gomez disse...

Deu até vontade de cantar junto deles *.*

Danilo disse...

E dá vontade mesmo... é muito bonito

Aline disse...

É normal andar de chinelos ai...kkk