quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

A lagartixa

Acabei de ir ao banheiro.

Estava lavando as mãos quando levei um susto. Era uma pequena lagartiva. Ela estava no batente da porta, subindo. Seus movimentos rápidos, sua pele quase branca, aquela cor cadavérica, me fizeram pensar.

Como pode um bichinho assim tão frágil ser tão importante na natureza? Ela é controladora de pragas, como os insetos, por exemplo, e até servem de animais de estimação. Elas podem se camuflar, jogam o rabo fora quando se sentem ameaçadas e o rabo cresce de novo. Algumas até voam.

Fiquei contemplando aquele animalzinho e abri um sorriso. Fechei a torneira, enxuguei a mão, apaguei a luz.

Fechei a porta ainda sorrindo.

Esqueci que a lagartixa estava lá.

Coitadinha.



5 comentários:

This Gomez disse...

O que, lagartixa voa??
Aiiii
Pobre da lagartixa ¬¬

Reinaldo C. Zanardi disse...

Amassou a lagartixa. Vou enviar esse post ao Ibama. hahahahahahaha

Danilo disse...

Reinaldo, é que você não viu a pomba que eu atropelei de carro. Se o Ibama souber, é prisão perpétua.

Kerlly disse...

Olá Danilo! Gostei do seu Blog, e quanto a lagartixa nunca vi uma que voa. E pior que esmagar é corta-la ao meio, foi o que eu fiz uma vez.

Danilo disse...

Obrigado Kerlly. Então, há uma lagartixa que plana, tipo aquele esquilo.